Traçando Linhas e Colorindo Histórias de Vida

O Centro de Atendimento Socioeducativo - CASE, Serviço da Fundação Criança de São Bernardo do Campo, responsável pela execução das medidas socioeducativas em meio aberto no município realiza exposição de telas produzidas pelos adolescentes e jovens em cumprimento de medida socioeducativa de Liberdade Assistida e de Prestação de Serviços à Comunidade.

Na execução das medidas socioeducativas de prestação de serviços à comunidade o Centro de Atendimento Socioeducativo - CASE utiliza a arte como fundamental instrumento socioeducativo. Por meio da prática artística, o que se busca é o desenvolvimento e o realce das habilidades e potencialidades individuais dos adolescentes e jovens atendidos, o estímulo para o amadurecimento do senso crítico e da inteligência, visando contribuir com a formação da sua personalidade.

No trabalho de criação, os socioeducandos se utilizam de processos que desenvolvem a imaginação, a percepção, a observação e o raciocínio; exercitam a emoção, organizam e reorganizam pensamentos, anseios e sensações. Essa metodologia proporciona ao ambiente vivenciado no cotidiano da execução elementos que vão além da simples prática retributiva, criando possibilidades para que os adolescentes e jovens reflitam sobre seu papel na sociedade e ampliem sua visão sobre o mundo.

Uma das principais atividades artísticas desenvolvidas é a produção de telas.  Valendo-se de várias técnicas como PVA ou acrílico sobre tela, patchwork e stencil, os socioeducandos elaboram obras de arte individuais e coletivas contendo temas originais ou releituras de obras de grandes autores.

As obras de maior destaque passam a fazer parte do acervo de arte do CASE, e são levadas para a apreciação do público por meio de uma exposição itinerante, visando uma amostragem da multiplicidade de leitura do mundo desempenhada pelos adolescentes e jovens atendidos e mediadas pela equipe técnica do CASE, assim como o reconhecimento e a divulgação do processo de reflexão e criação vivenciado.

A referida mostra já teve lugar no Sub-Sede da APEOSP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo; Poupatempo São Bernardo; Tribunal de Justiça de São Bernardo do Campo – Comarca de São Bernardo do Campo; Diretoria Regional de Ensino – Região São Bernardo do Campo e nas escolas estaduais: Professor Jacob Casseb e Brazilia Tondi de Lima.

A exposição intitulada "Traçando Linhas e Colorindo Histórias de Vida” está aberta para visitação durante todo o mês de agosto no Parque Chácara Silvestre e Centro de Referência das Culturas Populares Tradicionais das 10hs as 16hs, de quarta a Domingo.

O endereço do Parque é: Av. Wallace Simonsen, 1800 - Nova Petrópolis, São Bernardo do Campo,

Visite, prestigie e viva a oportunidade de transformar seu olhar sobre a adolescência e conflitualidade.

Organizações governamentais e não governamentais que tenham interesse em divulgar os trabalhos do acervo do CASE poderão entrar em contato pelo fone (11) 4126.1316, ou pelos emails: case@fundacaocrianca.org.br